13 de outubro de 2013

Diário de viagem Dionísio Cerqueira - Parte 1 [A chegada]

Oieeeeeeeeeeee!

Fico pensando como a gente se apega a esse cantinho chamado blog né? Deixei ele de lado há uma semana e já estava com saudades. E esse ano os motivos não são só os preparativos para o lançamento do meu livro não gente! O meu trabalho oficial pegou valendo!! Coincidemente aconteceram alguns imprevistos no percurso e absorvi temporariamente tarefas que não são minhas, além de estar coordenando uma reforma no andar do escritório. Resultado? Minhas ausências virtuais (rs).

Nesse findi por exemplo, trabalhei sábado e domingo. Além de não ter encerrado o expediente na semana que passou antes das 20 horas. Me perguntem se estou cansada? Muito ! E me perguntem se estou feliz? Muito também! Adoro ser útil e fazer o que gosto, e com isso o reconhecimento vem atrás!

Aí aproveitei a paradinha para descansar, e trouxe um tema mega atrasado. Lembram que fui para Dionísio Cerqueira em setembro, no V Encontro da Família Verona? Pois é. Hoje começa o diário da viagem!!! Eu nunca tinha participado de nenhum dos encontros anteriores. Mas esse foi organizado pelo primo Márcio Verona, que mora em Dionísio Cerqueira/SC, onde tenho muitos familiares maternos e paternos, pois foi lá que meus pais cresceram, se conheceram e casaram. É longinho gente! Fica a aproximadamente 600 km de Curitiba (1200 ida e volta!), mas tem como não amar essas paisagens?



A cidade de Dionísio tem uma peculiaridade. Ela fica em Santa Catarina mas faz fronteira com o Paraná e com a Argentina. Veja no mapa como as três cidades se unem.


Bem no encontro das cidades, construíram um monumento chamado Tri-Fronteira. É esse aqui, de onde fotografei na minha viagem do ano passado.


Só para vocês entenderem um pouco, Verona vem da minha família materna. Sou descendente de Luigi Verona, que veio da Itália no século passado, com sua mulher e vários filhos. Dentre eles meu tataravô materno, Vitório Verona. Por isso não aparece no meu nome. E sobre os Verona, que é o motivo da viagem, vai ter um post só sobre a história da família, aguardem! Por enquanto, o brasão!


O encontro foi durante todo o final de semana (7 e 8/09/2013) e contou com uma programação bem variada. No sábado a tarde teve café colonial, a noite jantar com baile, no domingo de manhã a missa e um almoço para encerrar. Foi tudo super bem organizado para ser divertido e inesquecível! Saímos de Curitiba no sábado pela manhã e chegamos lá perto das 16 horas. São mais ou menos 6 horas dirigindo, se não houver parada. Cheguei um tanto cansada e até cumprimentar o povo, tomar um café e respirar (rs), quem disse que lembrei de fotos? Comecei as fotos só no jantar...rs.


Tanto o café quanto o jantar foram no Clube Santa Mônica, isso porque foram mais de 700 inscritos! Era preciso um lugar bem estruturado para comportar as pessoas, e achei o lugar que escolheram perfeito. Essas fotos são da entrada do salão, e achei o máximo a ideia dos painéis com fotos dos familiares.


Esse outro painel contém fotos de vários antepassados, a começar do meu bisavô José Verona, que é filho do Vitório (meu tataravô italiano!). Em outro post vou contar a história deles e mostrar muitos documentos antigos descobertos pela família.


Além dos painéis, o pessoal caprichou na decoração. Uma de minhas primas tem uma floricultura na cidade, olha o capricho! Para as amigas arteiras e que gostam de organizar decorações de festas, taí uma inspiração para festas italianas. =)


E por hoje é só, senão o post fica gigantesco. Ainda tem a história da família para contar, os encontros com no jantar e o dia do retorno, que terminou com um delicioso almoço no sítio da Tia Lúcia, lugar e pessoas que amo de paixão e nunca deixo de visitar quando vou para lá ! Mesmo com muito assunto, confesso que acabei não fotografando com todos que eu queria. A viagem foi muito corrida, e sinceramente, eu acho muito chata aquela neurose por fotos que chega a tirar a prioridade das conversas, abraços, apresentações e o melhor dos encontros: os sorrisos! Não troco por nada um sorriso ao vivo para sorrir em fotos. Então, quando o papo tá bom demais, esqueço das fotos...rs.

Uma ótima semana !

2 comentários:

Ariane disse...

Oii!
Nossa que delicia de lugar, nada melhor que visitar lugares lindos.
Um beijo, Ariane
www.diariodostreze.blogspot.com

Bruxa disse...

Oi Alê!
Realmente nos apegamos ao blog. Eu sinto falta quando não consigo postar ou voar nos cantinhos que gosto.

Que ótima maneira de encontrar a família - um lugar aconchegante e cercado por verde.
Fiquei babando nos painéis de fotografias... quanta história pra contar.

Abraços e ótima semana.