6 de maio de 2015

Diário de viagem Alagoas - [Conto da Lirityl dramatizado]

Oi gente!

Continuando os relatos de Alagoas, agora o negócio fica ainda mais emocionante! Hoje vou falar do meu segundo dia em Luziápolis, quando os eventos se iniciaram na Escola Cícero Mizael. Essa postagem, além das fotos, tem vídeos, que foram gravados pelos professores e pelo Sub-Secretário de Educação. Eu guardei alguns que se tornaram inesquecíveis, como as crianças dramatizando o conto da Lirityl e eu falando um pouquinho da minha paixão pela leitura. Mas primeiro vou contar como meu dia já começou muito bem eternizado!

Na casa da Tia Simone com seu sobrinho Arthur e seu filho Jhonas, futuros escritores!
Passei a manhã toda na casa da Tia Simone, a professora responsável por me "encontrar", e idealizar todas essas lembranças. Ela me convidou para conhecer sua casa, sua família, sua rotina, e eu fiquei encantanda com a simpatia e acolhida que me esperava. Me senti em casa! E como complemento, ganhei livros escritos e ilustrados pelo sobrinho e filho da Simone, especialmente para mim!!

Com as crianças da Escola Cícero Mizael e o escritor alagoano Hermann Fernandes.

Depois de ganhar um almoço típico alagoano, lá fomos nós para a escola. O evento já estava acontecendo desde cedo, mas a turma da Simone se apresentaria à tarde. Fui recebida com festa! Gente, que emoção! Que delícia! Que momento inesquecível ser abraçada e amassada por aquelas crianças. Não sei quem era mais ansiedade e emoção, se eu ou elas...hahaha! É que lembram que eu já tinha trocado cartinhas com eles e até conversado por telefone? Então a ansiedade era absurda!

Uma das alunas da Tia Simone com sua mãe.
Eu fiquei encantada com tanto capricho! Os pais foram impecáveis em arrumar as crianças. Fiquei imaginando que na cabecinha delas era um dia de sonho, como uma formatura ou dia de debutante. Principalmente as meninas da turminha da Simone, que estavam todas vestidas de fadas. 
Pode isso? #primeira surpresa

A turminha no palco apresentando o conto da Lirityl!
Segunda surpresa? A maior? Eu não sabia, mas naqueles meses todos a Tia Simone estava ensaiando a sua turma para dramatizar o conto da Lirityl. Não acreditei gente! Aquela criançada linda, lendo minha história, decorando as falas, vivendo ela em cima do palco. Para um escritor é uma sensação maravilhosa, um reconhecimento impagável.

Mais uma foto com as crianças que trocaram cartinhas comigo!
Bom, em resumo, várias turmas apresentaram. Vários depoimentos, inclusive o meu, onde contei um pouco da minha vida, como comecei a escrever, e passei uma mensagem de incentivo à leitura. Abaixo também tem vídeo sobre isso. Foi um dia muito especial na minha vida.

Uma prévia da escola lotada de crianças, pais, professores e membros da comunidade.
E porque eu achei que tinha terminado, as professoras me levaram a um encontro à noite, onde comemos pizza, rimos muito e ganhei um presente lindo para lembrar para sempre das mulheres alagoanas, que tanto admirei. Pela beleza, simplicidade e garra que me transmitiram!

Encontro na pizzaria com as professoras e coordenadoras das escolas.
Agora, quem quiser tirar um tempo para vivenciar mais de pertinho como foi o meu segundo dia em Luziápolis, uma série de vídeos. Os quatro primeiros contém a dramatização do conto "O diário de Lirityl", e os últimos (ai que vergonha!) tem uma parte da minha tagarelice no melhor sotaque curitibano (rs), onde contei um pouquinho do meu amor crônico pela leitura!

video

video

video

video

video


Muito legal né gente? Eu morro de rir quanto assisto aos meus vídeos. Mas é legal para percebermos os erros, as repetições e o sotaque fortíssimo...hahaha! E ainda não acabou não! Falta o último dia, o dia em que as crianças se tornaram escritores!! A tarde de lançamento do livro da escola (que eu participei) e de autógrafos. Acompanhem nas próximas postagens a finalização desse lindo projeto, inesquecível para eles, inesquecível para mim.

Beijos!

1 comentários:

Sue Ellen Nascioli disse...

Adoro passear por aqui e ler posts sobre suas viagens, ainda mais com visitas em escolas.
O rostinho das crianças são os melhores termômetros. Olhinhos cheios de carinho e admiração.
Parabéns!!!
Beijocas mil